Arquivo do blog

Seguidores

MEDITE

Se a nossa maior necessidade fosse informações, Deus nos teria mandado um pedagogo. Se nossa maior necessidade fosse tecnologia, Ele nos teria enviado um cientista. Se nossa maior necessidade fosse dinheiro, Deus nos mandaria um economista. Mas como nossa maior necessidade era perdão e salvação, Deus nos mandou um Salvador, JESUS CRISTO.

Anderson Bessa - " Teus Olhos "

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

ESTUPRO






A VIOLÊNCIA MÁXIMA



Uma mulher que sofre estupro pode sentir o mesmo tipo de terror do qual a concubina do levita do Livro dos Juízes deve ter sido vítima. “O dono da casa saiu a ter com eles, e disse-lhes: Não, irmãos meus, não façais semelhante mal; já que este homem entrou em minha casa, não façais essa loucura. Aqui estão a minha filha virgem e a concubina do homem; fá-las-ei sair; humilhai-as a elas, e fazei delas o que parecer bem aos vossos olhos; porém a este homem não façais tal loucura. Mas esses homens não o quiseram ouvir; então aquele homem pegou da sua concubina, e lha tirou para fora. Eles a conheceram e abusaram dela a noite toda até pela manhã; e ao subir da alva deixaram-na: Ao romper do dia veio a mulher e caiu à porta da casa do homem, onde estava seu senhor, e ficou ali até que se fez claro”. (Jz.19.23:26). A morte nem sempre acontece nos casos de estupro, mas quase as suas vítimas sentem como se parte delas tivesse morrido. Durante algum tempo, poderão ter  pesadelos, grave e duradoura sensação de medo e sentimentos de baixa auto-estima.

A vítima de estupro deve encorajada a reconhecer que DEUS promete nunca deixa-la nem abandoná-la. “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”.(Is.41:10), “Porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei. De modo que com plena confiança digamos: O Senhor é quem me ajuda, não temerei; que me fará o homem?”(Hb.13:5-6).

A mulher vitimada pelo estupro precisa buscar conforto e cura em DEUS e depois em  das misericórdias e Deus de toda a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus”.(2Co.1:3-4). Deve descobrir um meio de lidar com a raiva contra seu atacante. Se ela negar essa raiva, enterrá-la ou concentrar-se em alguma vingança, estará correndo o perigo de pecar. “Portanto levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes, e fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que é manco não se desvie, antes seja curado. Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem; e ninguém seja devasso, ou profano como Esaú, que por uma simples refeição vendeu o seu direito de primogenitura” (Hb.12.14-16). Por outro lado, se for capaz de perdoar quem cometeu esse erro contra ela, vai abrir-se para a recuperação e para o crescimento. “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas” (Mt.5:14-15).

O processo de cura não é fácil e leva tempo, mas, como vítima de um estupro, aprenderá a descansar em DEUS para receber força e cura. Também vai aprender que sua experiência pode ser usada para honra e glória de DEUS, talvez até compartilhando a cura que receber de DEUS com outras vítimas.

Só o Senhor pode mudar o quadro das nossas vidas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Magno Malta mobiliza comunidade no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil

.

Magno  Malta levantou sua bandeira de luta no  Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil
Magno Malta levantou sua bandeira de luta no Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil

Grupos com a camiseta todos contra pedofilia e a Polícia Civil panfletaram na Praça Costa Pereira, ao mesmo tempo, senador Magno Malta (PR/ES) usava os microfones da Rádio Cor da Vida para convocar a população para marcar a data, que lembra o brutal assassinato da menina Araceli Cabrera Crespo, ocorrido em Vitória

Profundo conhecedor da real violência que estupra, mata alma das crianças e tira vida de milhares de meninos e meninas em todo território brasileiro, senador Magno Malta, uniu forças ao delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes e nesta sexta feira, para campanha educativa no centro de Vitória. “Só este ano, no Espírito Santo já foram registrados 2.456 ocorrências contra crianças. Temos que mudar este quadro caótico que destrói lares e ameaça a família”, disse Magno Malta.

Segundo o delegado Marcelo Nolasco, “o apoio do senador Magno Malta é fundamental nesta luta. Foi este parlamentar do Espírito Santo que acordou o mundo para a realidade dos pedófilos impunes, que abusam e matam crianças. A equipe do senador veio junto para as ruas mostrar que tem uma voz forte no parlamento contra esta triste estatística”, frisou o delegado.

A data desta sexta-feira, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil e foi escolhida para lembrar o crime que chocou o Brasil e terminou impune. Há exatamente 30 anos, a criança Araceli, com apenas 8 anos, foi brutalmente assassinada e os suspeitos nunca foram punidos.

Magno Malta passou toda manhã no microfone, entrevistando autoridades, líderes e a população para estimular o cidadão comum denunciar as violências praticadas contra as crianças. “Senhor Governador, secretário de Segurança Pública e juízes estou pedindo mão de ferro contra os pedófilos e assassinos de crianças. Vamos defender nossos filhos, vamos lutar me defesa da família brasileira”, clamou Magno Malta, atual presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.
Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.


O grupo coordenado por Márcia Rodrigues parava os pedestres e entregava cartilha educativa. “Foi uma excelente iniciativa para esclarecer a população e todos receberam bem nossa equipe”, finalizou Marcinha, como é chamada a líder do Grupo Todos Contra a Pedofilia no Espírito Santo.

Fonte:http://www.magnomalta.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2600:magno-malta-mobiliza-comunidade-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-sexual-infantil&catid=20:cpi-da-pedofilia&Itemid=39

Leia os Livros On-line

Postagens populares