Arquivo do blog

Seguidores

MEDITE

Se a nossa maior necessidade fosse informações, Deus nos teria mandado um pedagogo. Se nossa maior necessidade fosse tecnologia, Ele nos teria enviado um cientista. Se nossa maior necessidade fosse dinheiro, Deus nos mandaria um economista. Mas como nossa maior necessidade era perdão e salvação, Deus nos mandou um Salvador, JESUS CRISTO.

Anderson Bessa - " Teus Olhos "

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nosso Juiz



Era uma vez um juiz que um dia teve que julgar o caso mais difícil de sua vida: O de sua amada esposa. Devido as circunstâncias dos acontecimentos, a chance para ela escapar com liberdade era quase nenhuma:

          1.  ela estava na cena do crime;

2. a arma do crime estava em seu poder;

3. suas impressões digitais estavam por toda parte;

4. havia testemunhas contra ela;

5. ela tinha antecedentes criminais;

6. ela foi autuada em flagrante;

7. e ela confessou o crime.


No dia do julgamento, o que poderia o juiz fazer?


Ele estava decidido a não condenar sua esposa, mas sabia que não poderia deixar o crime sem punição, portanto, deliberou o seguinte:


"Fazendo pleno uso do poder que me é conferido, e, no exercício legal de minhas atribuições, determino que a ré, a partir desta data, fica absolutamente livre de todas as acusações que lhe são imputadas, e, que a partir desse momento, eu assumo a culpa de seu crime e cumprirei a pena em seu lugar".


A pena era longa e o misericordioso juiz morreu na prisão.


Essa estória nos traz à memória, mais uma vez, o sacrifício que fez Jesus Cristo por nós quando, com sua vida, pagou por todas nossas iniqüidades (Is 53:5).

Mas ao contrário do triste fim do juiz, ao terceiro dia, Jesus ressuscitou, e continua livrando de um duro destino todo aquele que, arrependido, O busca e O aceita como seu único Salvador.


Nos acostumamos 
PARA SUA MEDITAÇÃO!

Todos os dias, faço a mesma coisa, saio de casa às11:40h, vou até a rodoviária, entro no ônibus que sai da rodoviária às 12h, faço o mesmo caminho sempre, na BR 116, paro na pista 
em registro, vou andando até a faculdade, são 20min, chego e começo a trabalhar. É incrível  como conseguimos fazer a mesma coisa todos os dias, e até mesmo sem pensar.

Mas hoje, sentado na minha frente, no ônibus, tinha um garotinho lindo, que deve ter seus três anos de idade, com sua mãe. Ele sentou no lado do corredor, até que o ônibus 
começou a andar, e o mais rápido possível pediu para sua mãe deixar que ele sentasse na janela. 

Durante todo o trajeto, aquele garotinho ficava maravilhado com tudo o que via:

Olha o caminhão mãe! Olha o rio! Que rio mais sujo! Tinha uma menininha no carro mãe! Olha o boi! Não, motorista, não deixa ele passar da gente!

O garoto me chamou a atenção, tanto que guardei o caderno, no qual estava estudando para a prova, e comecei a observá-lo. Eu olhava para o garoto tão entusiasmado com todas as 
coisas novas que estava vendo.

Mas o restante das pessoas que estavam no ônibus, continuava com os olhos fixos no nada, indiferentes, talvez pensando em seus problemas, ou o que teriam que fazer quando
chegassem ao seu destino, ou muitos até estavam admirando o garoto, mas não transpareciam. Até mesmo a mãe do garoto, pouco olhava para aquele momento tão lindo dele.

Me coloquei a pensar! Nós nos acostumamos com as coisas! Nos acostumamos com o sol, com a chuva, com o frio, com o calor, com o vento, com as flores, com as árvores, com o 
sorriso das pessoas, com os olhares, com os carinhos, com os gestos. Tudo passa a ser normal em nossa vida. Quando as coisas deixam de serem novas elas viram rotineiras e acabam desmerecendo nossa atenção.

Para aquele garoto tudo era tão novo. Mas será que na volta ele agiria da mesma forma? Talvez se ele sentasse no mesmo lugar, na volta ele estaria visualizando o outro lado da 
pista, e novas coisas veria. Mas se sentasse do outro lado, seria tudo a mesma coisa. E o entusiasmo poderia não existir.

Nos acostumamos com nossa vida de "religiosos", acostumamos a ir na Igreja nos cultos de doutrina, de oração, nos fins de semana. Nos acostumamos a cantar os mesmos hinos, a usar as mesmas palavras nas orações... 

Nossa vida precisa ser como de uma criança, onde tudo é novo!! Ou então não veremos mais a beleza de viver, e ficaremos mudando de posição em posição, sem nunca 
encontrarmos o que procuramos.

Se você se sente assim, acostumado com vida, sente na janela, peça para Deus te fazer voltar alguns metros atrás, e você vai ver, que pelo caminho que passou, tinham coisas 
maravilhosas, que você não viu, porque estava olhando para o nada.

OLHE PARA O AUTOR E CONSUMADOR DA NOSSA FÉ!



JESUS CRISTO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Magno Malta mobiliza comunidade no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil

.

Magno  Malta levantou sua bandeira de luta no  Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil
Magno Malta levantou sua bandeira de luta no Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil

Grupos com a camiseta todos contra pedofilia e a Polícia Civil panfletaram na Praça Costa Pereira, ao mesmo tempo, senador Magno Malta (PR/ES) usava os microfones da Rádio Cor da Vida para convocar a população para marcar a data, que lembra o brutal assassinato da menina Araceli Cabrera Crespo, ocorrido em Vitória

Profundo conhecedor da real violência que estupra, mata alma das crianças e tira vida de milhares de meninos e meninas em todo território brasileiro, senador Magno Malta, uniu forças ao delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes e nesta sexta feira, para campanha educativa no centro de Vitória. “Só este ano, no Espírito Santo já foram registrados 2.456 ocorrências contra crianças. Temos que mudar este quadro caótico que destrói lares e ameaça a família”, disse Magno Malta.

Segundo o delegado Marcelo Nolasco, “o apoio do senador Magno Malta é fundamental nesta luta. Foi este parlamentar do Espírito Santo que acordou o mundo para a realidade dos pedófilos impunes, que abusam e matam crianças. A equipe do senador veio junto para as ruas mostrar que tem uma voz forte no parlamento contra esta triste estatística”, frisou o delegado.

A data desta sexta-feira, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil e foi escolhida para lembrar o crime que chocou o Brasil e terminou impune. Há exatamente 30 anos, a criança Araceli, com apenas 8 anos, foi brutalmente assassinada e os suspeitos nunca foram punidos.

Magno Malta passou toda manhã no microfone, entrevistando autoridades, líderes e a população para estimular o cidadão comum denunciar as violências praticadas contra as crianças. “Senhor Governador, secretário de Segurança Pública e juízes estou pedindo mão de ferro contra os pedófilos e assassinos de crianças. Vamos defender nossos filhos, vamos lutar me defesa da família brasileira”, clamou Magno Malta, atual presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.
Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.


O grupo coordenado por Márcia Rodrigues parava os pedestres e entregava cartilha educativa. “Foi uma excelente iniciativa para esclarecer a população e todos receberam bem nossa equipe”, finalizou Marcinha, como é chamada a líder do Grupo Todos Contra a Pedofilia no Espírito Santo.

Fonte:http://www.magnomalta.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2600:magno-malta-mobiliza-comunidade-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-sexual-infantil&catid=20:cpi-da-pedofilia&Itemid=39

Leia os Livros On-line

Postagens populares