Arquivo do blog

Seguidores

MEDITE

Se a nossa maior necessidade fosse informações, Deus nos teria mandado um pedagogo. Se nossa maior necessidade fosse tecnologia, Ele nos teria enviado um cientista. Se nossa maior necessidade fosse dinheiro, Deus nos mandaria um economista. Mas como nossa maior necessidade era perdão e salvação, Deus nos mandou um Salvador, JESUS CRISTO.

Anderson Bessa - " Teus Olhos "

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

NATUREZA HUMANA


Como é a sua natureza? 
E o que diz a Bíblia?




Compreender a natureza humana pode ser tão complexo quanto administrá-la, porque o que é natural, pode ser anormal, quando se dá vazão ao impulso interno, sem considerar as leis, tanto espirituais, quanto sociais, que nos cercam.

A natureza, quando compreendida por natureza, segundo Kant:: “É o encadeamento dos fenômenos quanto à sua existência, segundo regras necessárias, isto é, segundo leis. Há pois certas leis, e mesmo leis a priori, que tornam inicialmente uma natureza”. De acordo com uma síntese de Lévi-Stauss, a natureza é tudo o que está em nós por hereditariedade biológica”.

Partindo disso podemos pensar no seguinte: O que está em nós é bom ou mau? Existe uma dualidade antagônica convivendo em todos os seres humanos, e para que o bom seja manifesto é preciso dominar, administrar! Ou dependendo das circunstâncias, tudo o que está em nós: bom e o mau – bem e o mal, é possível controlar?

De acordo com a visão do Apostolo Paulo “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado”. (Rm.7.18-25), em resumo temos o seguinte: Nele – Paulo (que pode representar toda a humanidade), não há bem nenhum, tão somente o querer fazer o bem. Aqui descobrimos algo interessante: O bem não está nele, mas o querer fazer o bem, sim. Ele continua afirmando: “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço”.

Podemos entender que no seu interior não havia um bem, mas um querer fazer o bem. Uma consciência da existência do bem e uma necessidade de explicitá-lo, como podemos entender quando fala de seu ser interior: “Porque no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus (potência), mas vejo, outra lei (pulsão) que guerreia contra a lei da minha mente (consciente), que me faz prisioneiro do pecado, que está (intrínseco) nos meus membros.

Paulo parece concluir o seguinte, dando graças a Deus por essa compreensão : “(…). Graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. De maneira que, de mim mesmo, com a mente sou escravo da lei de Deus, mas segundo a carne da lei do pecado”. Neste caso encerraria como um homem totalmente em conflito, vivendo naturalmente dividido entre a lei de Deus e a lei da transgressão? Estaria ele satisfeito, apenas em viver a vida do bem em potência – com a mente voltada para Deus e com o corpo para o Diabo, escravo das ambições da natureza da carne, que age segundo a lei do pecado?

Mas, em seguida, “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. (Romanos 8:2) - Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte”. (Rm.8.1-2), Paulo dá seu brado de vitória, pela conquista da revelação maior. Agora pois nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus te livrou da lei do pecado e da morte.
Enquanto a lei do Espírito da vida, em Cristo não imperar em nós seremos reféns de outras leis que nos levarão para o caminho da morte, segundo a lei da natureza vigente, em nosso interior. Essas duas naturezas podem ser representadas na ilustração seguinte:

Um certo sábio com seu discípulo passavam sobre uma ponte, quando viram um escorpião sendo arrastado pelas águas. O sábio correu pela margem do rio e resgatou o bichinho com as mãos. Quando trazia para fora foi sumariamente “surpreendido” picado, e por causa da dor o deixou cair novamente no rio. Em seguida, foi mais uma vez à margem e com um ramo de árvore o salvou da correnteza.

O mestre voltou com o escorpião salvo junto aos seus discípulos, que lhe indagaram: Por que foi salvar esse bicho ruim e venenoso. Veja o que fez? Picou a mão que o salvou! Não merecia misericórdia! O mestre ouviu com atenção e depois respondeu: – Ele agiu conforme sua natureza e eu, de acordo com a minha.

Ser sábio é descobrir que podemos ter uma nova natureza em Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Magno Malta mobiliza comunidade no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil

.

Magno  Malta levantou sua bandeira de luta no  Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil
Magno Malta levantou sua bandeira de luta no Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil

Grupos com a camiseta todos contra pedofilia e a Polícia Civil panfletaram na Praça Costa Pereira, ao mesmo tempo, senador Magno Malta (PR/ES) usava os microfones da Rádio Cor da Vida para convocar a população para marcar a data, que lembra o brutal assassinato da menina Araceli Cabrera Crespo, ocorrido em Vitória

Profundo conhecedor da real violência que estupra, mata alma das crianças e tira vida de milhares de meninos e meninas em todo território brasileiro, senador Magno Malta, uniu forças ao delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes e nesta sexta feira, para campanha educativa no centro de Vitória. “Só este ano, no Espírito Santo já foram registrados 2.456 ocorrências contra crianças. Temos que mudar este quadro caótico que destrói lares e ameaça a família”, disse Magno Malta.

Segundo o delegado Marcelo Nolasco, “o apoio do senador Magno Malta é fundamental nesta luta. Foi este parlamentar do Espírito Santo que acordou o mundo para a realidade dos pedófilos impunes, que abusam e matam crianças. A equipe do senador veio junto para as ruas mostrar que tem uma voz forte no parlamento contra esta triste estatística”, frisou o delegado.

A data desta sexta-feira, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil e foi escolhida para lembrar o crime que chocou o Brasil e terminou impune. Há exatamente 30 anos, a criança Araceli, com apenas 8 anos, foi brutalmente assassinada e os suspeitos nunca foram punidos.

Magno Malta passou toda manhã no microfone, entrevistando autoridades, líderes e a população para estimular o cidadão comum denunciar as violências praticadas contra as crianças. “Senhor Governador, secretário de Segurança Pública e juízes estou pedindo mão de ferro contra os pedófilos e assassinos de crianças. Vamos defender nossos filhos, vamos lutar me defesa da família brasileira”, clamou Magno Malta, atual presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.
Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.


O grupo coordenado por Márcia Rodrigues parava os pedestres e entregava cartilha educativa. “Foi uma excelente iniciativa para esclarecer a população e todos receberam bem nossa equipe”, finalizou Marcinha, como é chamada a líder do Grupo Todos Contra a Pedofilia no Espírito Santo.

Fonte:http://www.magnomalta.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2600:magno-malta-mobiliza-comunidade-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-sexual-infantil&catid=20:cpi-da-pedofilia&Itemid=39

Leia os Livros On-line

Postagens populares