Arquivo do blog

Seguidores

MEDITE

Se a nossa maior necessidade fosse informações, Deus nos teria mandado um pedagogo. Se nossa maior necessidade fosse tecnologia, Ele nos teria enviado um cientista. Se nossa maior necessidade fosse dinheiro, Deus nos mandaria um economista. Mas como nossa maior necessidade era perdão e salvação, Deus nos mandou um Salvador, JESUS CRISTO.

Anderson Bessa - " Teus Olhos "

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O salvo volta ao estado de Adão antes do pecado?

Não, Adão era um homem terreno, originário da terra e destinado a viver na terra. Era perfeito no sentido de homem natural, além de inocente e sem pecado, mas passível de pecar e de morrer. Ao desobedecer a Deus, ele adquiriu consciência do bem e do mal, porém não o poder de fazer o bem e evitar o mal. O livre arbítrio ele tinha no Éden, mas perdeu ali. Cada um de nós sabe o que é o bem e o mal, mas é incapaz de evitar o mal e fazer só o bem, ainda que tenha muita força de vontade para isso. Pecamos só de pensar no mal que queremos evitar.

Além disso, Adão era um homem corruptível, o que foi comprovado por sua queda. Para salvar o homem, Cristo precisou se fazer Homem, porém sem ter em si o pecado de Adão. Ele não foi gerado pelo homem, mas pelo Espírito Santo de Deus, que usou uma mulher, Maria, para servir de receptáculo para o Ente Santo que havia de vir ao mundo. Jesus morreu, mas não viu corrupção: foi ressuscitado ao terceiro dia em um corpo espiritual de carne e ossos, feito de uma matéria diferente da que conhecemos e apto para viver no céu e imortal.

Quando nascemos de novo e cremos em Cristo como Salvador, passamos a ter em nós duas coisas que Adão não tinha: a vida nova ou nova natureza que vem de Deus e o Espírito Santo de Deus. Continuamos com a velha natureza que recebemos de Adão e que é impossível de ser reparada ou melhorada, pois Deus a condenou à morte em Cristo.

Ao ressuscitarmos ou sermos transformados no arrebatamento, tudo o que teremos será o corpo incorruptível à semelhança de Jesus, exceto pelas cicatrizes nas mãos, pés e lado. Já não teremos o velho homem em nós, o qual foi crucificado com Cristo e ora ainda está em nós aqui nesta vida, porém deve ser por nós, considerado constantemente no estado que lhe pertence, que é a morte.

Quando nos esquecemos disso e deixamos a velha natureza sair de seu estado de morte e agir, pecamos. É o que a Bíblia chama de andar na carne em Gálatas 5. Quando andamos no Espírito, não satisfazemos as concupiscências da carne ou velha natureza e damos fruto para Deus. É por isso que da nova natureza é dito:

"Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca".(1Jo.5:18). A passagem está falando de nossa nova natureza que vem de Deus, a qual é impossível pecar.

"Sabemos que os filhos de Deus não continuam pecando, porque o Filho de Deus os guarda, e o Maligno não pode tocar neles". Bíblia na Linguagem de Hoje

"Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge." Nova Versão Internacional

"Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive pecando; antes o guarda aquele que nasceu de Deus, e o Maligno não lhe toca." Almeida Revista e Atualizada

"Ninguém que passou a fazer parte da família de Deus faz do pecado um hábito, pois Cristo, o Filho de Deus, resguarda-o com segurança, e o diabo não pode pôr as mãos nele." Bíblia Viva

Essas versões do versículo são horríveis, pois a impressão que dá é que um convertido não peca, lançando dúvidas quanto à legitimidade de sua salvação. Mas se o convertido fosse incapaz de pecar João não falaria no primeiro capítulo desta mesma epístola que diz:

"Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.  Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós". (1Jo.1:8-10). 

É a velha natureza em nós que peca, mas obviamente não somos duas pessoas apesar de termos duas naturezas. Nossa identidade continua sendo uma, portanto o crente deve confessar e contar com o Advogado que tem diante do Pai.

Finalizando, o homem salvo por Jesus está numa posição infinitamente superior à do primeiro Adão, pois está em Cristo. Ele é visto por Deus em Cristo e seu lugar não é mais na terra, mas no céu. O salvo tem a mente de Cristo e o Espírito de Deus em si para entender os pensamentos de Deus. Ao sair daqui será transportado para a glória e compartilhará de tudo o que pertence a Cristo, sendo co-herdeiro com Ele. Lembre-se de que Adão foi criado no estado adulto, ou seja, ele não precisou passar por uma fase de aprendizado para aprender a caminhar, raciocinar, falar etc. Ele já veio com tudo isso. Do mesmo modo, no novo nascimento recebemos de Deus uma nova natureza que é completa em si mesmo. O que precisamos apenas, enquanto estamos neste corpo de carne, é nos apropriarmos daquilo que já temos em Cristo.

Se pensar que a Adão foi dado apenas cuidar do jardim do Éden, e isso era apenas uma pequena porção da Terra, pois a Bíblia não nos diz como era ou o que havia no resto do planeta, pense no que será Deus dar ao homem salvo tudo o que é de Cristo, para quem todas as coisas foram criadas, tanto nos céus quanto na terra.

"Semeia-se corpo natural, ressuscitará corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual. Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante. Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual. O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu. Qual o terreno, tais são também os terrestres; e, qual o celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial. E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção".(1Co.15:44-50)

Devemos viver o novo homem, “CRISTO”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Magno Malta mobiliza comunidade no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil

.

Magno  Malta levantou sua bandeira de luta no  Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil
Magno Malta levantou sua bandeira de luta no Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil

Grupos com a camiseta todos contra pedofilia e a Polícia Civil panfletaram na Praça Costa Pereira, ao mesmo tempo, senador Magno Malta (PR/ES) usava os microfones da Rádio Cor da Vida para convocar a população para marcar a data, que lembra o brutal assassinato da menina Araceli Cabrera Crespo, ocorrido em Vitória

Profundo conhecedor da real violência que estupra, mata alma das crianças e tira vida de milhares de meninos e meninas em todo território brasileiro, senador Magno Malta, uniu forças ao delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes e nesta sexta feira, para campanha educativa no centro de Vitória. “Só este ano, no Espírito Santo já foram registrados 2.456 ocorrências contra crianças. Temos que mudar este quadro caótico que destrói lares e ameaça a família”, disse Magno Malta.

Segundo o delegado Marcelo Nolasco, “o apoio do senador Magno Malta é fundamental nesta luta. Foi este parlamentar do Espírito Santo que acordou o mundo para a realidade dos pedófilos impunes, que abusam e matam crianças. A equipe do senador veio junto para as ruas mostrar que tem uma voz forte no parlamento contra esta triste estatística”, frisou o delegado.

A data desta sexta-feira, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil e foi escolhida para lembrar o crime que chocou o Brasil e terminou impune. Há exatamente 30 anos, a criança Araceli, com apenas 8 anos, foi brutalmente assassinada e os suspeitos nunca foram punidos.

Magno Malta passou toda manhã no microfone, entrevistando autoridades, líderes e a população para estimular o cidadão comum denunciar as violências praticadas contra as crianças. “Senhor Governador, secretário de Segurança Pública e juízes estou pedindo mão de ferro contra os pedófilos e assassinos de crianças. Vamos defender nossos filhos, vamos lutar me defesa da família brasileira”, clamou Magno Malta, atual presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.
Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.


O grupo coordenado por Márcia Rodrigues parava os pedestres e entregava cartilha educativa. “Foi uma excelente iniciativa para esclarecer a população e todos receberam bem nossa equipe”, finalizou Marcinha, como é chamada a líder do Grupo Todos Contra a Pedofilia no Espírito Santo.

Fonte:http://www.magnomalta.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2600:magno-malta-mobiliza-comunidade-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-sexual-infantil&catid=20:cpi-da-pedofilia&Itemid=39

Leia os Livros On-line

Postagens populares