Arquivo do blog

Seguidores

MEDITE

Se a nossa maior necessidade fosse informações, Deus nos teria mandado um pedagogo. Se nossa maior necessidade fosse tecnologia, Ele nos teria enviado um cientista. Se nossa maior necessidade fosse dinheiro, Deus nos mandaria um economista. Mas como nossa maior necessidade era perdão e salvação, Deus nos mandou um Salvador, JESUS CRISTO.

Anderson Bessa - " Teus Olhos "

domingo, 10 de julho de 2011

Como interpretar o Apocalipse?




Precisamos ter cuidado com alguns livros escritos, que falavam de profecias, tentando interpretá-las por meio das coisas visíveis, e boa parte das interpretações agora, já caducaram. Livros assim fazem parecer que a Bíblia está errada, quando as interpretações do autor não se cumprem, muitos pensam que o problema está na Bíblia. “Tome cuidado”.

Muitos livros se concentravam nas coisas que víamos em redor nos tempos da Guerra Fria, quando a União Soviética existia e era aquele suspense contínuo. Os autores que interpretavam as profecias com base no que estava ocorrendo no mundo naquele momento cometeram muitos erros, simplesmente porque os eventos ao nosso redor mudam todos os dias. Desde o princípio do cristianismo existe algum líder mundial que é a bola da vez como candidato a anticristo. Muitos papas já ocuparam essa vaga e Hitler foi o candidato mais forte do século 20. Mas também vi Mikhail Gorbachev ser identificado como o anticristo porque tinha uma marca na testa. 

Outra "profetada", que são essas interpretações proféticas equivocadas, foi o código de barra. Conhecemos diversos cristãos que se negavam a comprar qualquer produto que tivesse um código de barra na embalagem, pois o código de barra, segundo alguns autores da época, era a marca da besta.

Existe um risco muito grande em tentar interpretar a profecia por meio do que vemos no mundo neste momento, porque amanhã tudo pode ser diferente. É preciso entender que a profecia não se refere à Igreja, mas a Israel. Ela é encontrada no Antigo Testamento, nos Evangelhos (porque o Senhor Jesus primeiramente tratou com Seus discípulos como judeus) e em Apocalipse. Alguma coisa concernente à Igreja nós encontramos nas epístolas, principalmente em 1 Tessalonicenses, mas tudo o que vem a partir do capítulo 4 de Apocalipse diz respeito a Israel (exceto, obviamente, quando fala claramente da noiva do Cordeiro, que é a Igreja).

Por isso nem tudo nós, cristãos, iremos entender, porque não temos elemento para tanto. Por exemplo, o anticristo só será revelado depois da retirada da Igreja e do Espírito Santo da terra no arrebatamento (2Ts.2), portanto qualquer exercício de "adivinhação" agora é improdutiva. Tentar interpretar a profecia com elementos atuais é o mesmo que tentar interpretar a Bíblia usando a ciência. Todos os dias a ciência faz novas descobertas e muitas afirmações de cientistas renomados são sepultadas para dar lugar a novas afirmações. 

Assim é com a profecia. Tem autores que tentam interpretar os juízos de Apocalipse fazendo referência à bomba atômica, mas isso é porque bomba atômica é o máximo de destruição que conhecemos hoje. Há 500 anos alguém poderia ter interpretado usando explosões de pólvora, porque era tudo o que conheciam na época.

O Apocalipse é um livro de símbolos e o terreno mais seguro para entendermos a profecia é buscarmos na própria Bíblia os significados e paralelos para o que lemos lá. Por exemplo, quando lemos "a antiga serpente", vamos para Gênesis. É assim que se interpreta profecia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Magno Malta mobiliza comunidade no Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil

.

Magno  Malta levantou sua bandeira de luta no  Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil
Magno Malta levantou sua bandeira de luta no Dia Nacional de Combate ao abuso Sexual Infantil

Grupos com a camiseta todos contra pedofilia e a Polícia Civil panfletaram na Praça Costa Pereira, ao mesmo tempo, senador Magno Malta (PR/ES) usava os microfones da Rádio Cor da Vida para convocar a população para marcar a data, que lembra o brutal assassinato da menina Araceli Cabrera Crespo, ocorrido em Vitória

Profundo conhecedor da real violência que estupra, mata alma das crianças e tira vida de milhares de meninos e meninas em todo território brasileiro, senador Magno Malta, uniu forças ao delegado Marcelo Nolasco, da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescentes e nesta sexta feira, para campanha educativa no centro de Vitória. “Só este ano, no Espírito Santo já foram registrados 2.456 ocorrências contra crianças. Temos que mudar este quadro caótico que destrói lares e ameaça a família”, disse Magno Malta.

Segundo o delegado Marcelo Nolasco, “o apoio do senador Magno Malta é fundamental nesta luta. Foi este parlamentar do Espírito Santo que acordou o mundo para a realidade dos pedófilos impunes, que abusam e matam crianças. A equipe do senador veio junto para as ruas mostrar que tem uma voz forte no parlamento contra esta triste estatística”, frisou o delegado.

A data desta sexta-feira, 18 de maio, marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Infantil e foi escolhida para lembrar o crime que chocou o Brasil e terminou impune. Há exatamente 30 anos, a criança Araceli, com apenas 8 anos, foi brutalmente assassinada e os suspeitos nunca foram punidos.

Magno Malta passou toda manhã no microfone, entrevistando autoridades, líderes e a população para estimular o cidadão comum denunciar as violências praticadas contra as crianças. “Senhor Governador, secretário de Segurança Pública e juízes estou pedindo mão de ferro contra os pedófilos e assassinos de crianças. Vamos defender nossos filhos, vamos lutar me defesa da família brasileira”, clamou Magno Malta, atual presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família.

Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.
Grupo Todos Contra a Pedofilia e Polícia Civil na panfletagem nesta sexta-feira.


O grupo coordenado por Márcia Rodrigues parava os pedestres e entregava cartilha educativa. “Foi uma excelente iniciativa para esclarecer a população e todos receberam bem nossa equipe”, finalizou Marcinha, como é chamada a líder do Grupo Todos Contra a Pedofilia no Espírito Santo.

Fonte:http://www.magnomalta.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=2600:magno-malta-mobiliza-comunidade-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-sexual-infantil&catid=20:cpi-da-pedofilia&Itemid=39

Leia os Livros On-line

Postagens populares